Devo fazer check in online quando houver uma viagem corporativa?

O check in é o processo responsável pela confirmação de entrada, muito comum em eventos, hostels, hotéis e aeroportos. Nas hospedagens, ele é realizado, geralmente, na chegada, momento em que o visitante fornece suas informações pessoais e recebe a chave de seu apartamento ou quarto.

Nos aeroportos, porém, o check in pode ser descrito como a confirmação de presença no voo em questão, no qual os passageiros recebem os seus cartões de embarco. Trata-se de um procedimento obrigatório para que o profissional em deslocamento possa embarcar.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as vantagens e desvantagens de realizar check in online em uma viagem corporativa. Dessa forma, esperamos contribuir para que você tome a melhor decisão, de acordo com a realidade do seu negócio. Boa leitura!

Prós e contras do check in online em viagens corporativas

Nas hospedagens em geral o check in tende a ser realizado presencialmente, direto no balcão, assim que o viajante chega. Contudo, existem hotéis que disponibilizam o check in via totem de autoatendimento.

Outros, por seu turno, oferecem o check in online – mediante aplicativo, formulário, WhatsApp ou chatbots. Bem como se tornou uma constante no setor hoteleiro, a prática do check in online agiliza os cadastros dos viajantes, gerando maior satisfação e praticidade.

Todas as vezes que acessarem este recurso, os seus colaboradores encontrarão opções automatizadas que, inclusive, integram as informações do profissional com o sistema próprio do hotel, simplificando as tarefas administrativas dos hotéis.

Por exemplo, as desvantagens são poucas, como no caso de o viajante possuir pouca familiaridade com a internet e com aplicativos. Outra situação desvantajosa ocorre quando o check in online precisa ser realizado em um aplicativo e o colaborador não tem familiaridade com a internet e/ou com aplicativos.

Principais vantagens de fazer check in online

Agilidade

Nos voos, um check in online assegura rapidez no embarque, evitando as filas tão comuns nos balcões e terminais de autoatendimento. Assim também, mesmo se o profissional em deslocamento necessite se dirigir ao balcão para despachar as bagagens, existe uma fila especificamente destinada aos viajantes que já realizaram um check in online.

Sempre que fizer o check in online, os seus colaboradores perderão menos tempo nas filas! Além disso, essa opção é bem mais ágil que a alternativa presencial. Por essa razão, se o funcionário optar por um check in presencial, terá que chegar com a maior antecedência possível no aeroporto.

Posteriormente, esse tempo é variável entre voos internacionais e nacionais. De modo geral, o tempo mínimo para a antecedência é de 3 h para voos internacionais e de 1 h 30 para voos nacionais.

Escolha do assento

Como você sabe, é no check in que os passageiros escolhem os seus assentos. Logo depois, é necessário considerar que a maioria das companhias aéreas costumam cobrar uma certa taxa para essa escolha.

Entretanto, caso a sua empresa tenha a política de deixar o funcionário escolher o local em que viajará no avião, o check in online é altamente recomendável, uma vez que permite encontrar uma maior quantidade de opções disponíveis.

Comodidade

A alternativa do check in online para hotéis é uma iniciativa que pode trazer muita comodidade. Considere os profissionais que realizam longas viagens e, ao chegar na hospedagem, ainda precisam enfrentar uma grande fila no balcão para regularizar a estadia.

Em alguns casos, os viajantes necessitam preencher manualmente a ficha de cadastro! Isto é, um check in online confere praticidade, permitindo antecipar esse cadastro.

© Todos os direitos reservados para Kennedy Viagens

Imperatriz - MA

Rua Benedito Leite, 629 | 65903-290 | Centro | Imperatriz – MA

São Paulo - SP

Av Paulista, 171, 4ª andar | 01311-000 | Bela Vista | São Paulo – SP

Curitiba - PR

Travessa Ferdinando Aristides Moleta, 117 | 83045-090 | Afonso Pena | Curitiba