Gestão de viagens corporativas: conheça as novas tendências da profissão!

Dado o avanço acelerado das soluções tecnológicas, temos presenciado, no último período, diversas mudanças relevantes ocorrendo no mundo empresarial, sobretudo, no segmento de viagens corporativas.

A partir da implementação de novas tecnologias, os clientes se mostram ainda mais exigentes, gerando a necessidade de adaptação à nova realidade do mercado. Afinal de contas, é fácil perceber as novidades tecnológicas em quase tudo à nossa volta, não é mesmo?

Atualmente, o gestor de viagens corporativas não pode atuar sem o apoio dessas ferramentas para a realização das mais variadas tarefas – tanto dentro quanto fora de sua empresa. Adicionalmente, um novo perfil de consumidores surgiu.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, algumas das principais tendências para a gestão de viagens corporativas, como a demanda por maior flexibilidade e atualização constante dos profissionais. Boa leitura!

Flexibilidade nas negociações

A flexibilidade nas negociações é uma das características mais importantes entre as novas tendências para o perfil dos gestores de viagens corporativas. Devido aos altos níveis de competividade, em um mercado cada vez mais acirrado, estes profissionais tiveram que se adaptar.

Nesse novo contexto, os diferenciais competitivos dos gestores devem se articular ao aumento na agilidade, ao cumprimento de metas de negócios e, principalmente, à eficiência dos serviços prestados no âmbito das viagens corporativas.

Ação consultiva

A partir da valorização das iniciativas de marketing digital, muitas empresas têm mudado a sua postura para chegar aos seus consumidores. Na atualidade, a preferência está na adesão a novos modelos consultivos de vendas, os quais permitem, aos gestores, a criação de relacionamentos mais próximos e duradouros com os clientes.

Primordialmente, propiciar ação consultiva na sua gestão de viagens corporativas é essencial para que os clientes tenham boas experiências de compra, à medida que eles são o “foco” de cada processo.

Como resultado, o objetivo central desse tipo de abordagem reside no mapeamento das expectativas e dores do público alvo do seu negócio, visando oferecer soluções práticas e eficientes para atender as suas necessidades.

Definição do perfil do colaborador viajante

É fundamental, para que o seu negócio fique bem-posicionado no mercado, que o gestor de viagens corporativas conheça, em detalhes, o perfil dos colaboradores que se deslocam a trabalho.

Portanto, a forma pela qual um determinado serviço ou produto é vendido transformou-se drasticamente nos últimos anos. Há pouco tempo, os clientes compravam algo somente com base nas informações prestadas pelos vendedores.

Ainda que essa dinâmica pareça distante da sua rotina, o exemplo supracitado apenas ilustra a realidade do mercado contemporâneo, abrangendo empresas de todos os portes e segmentos de atuação.

Atenção às inovações tecnológicas

Conforme temos insistido, as novas soluções tecnológicas eclodem em ritmo vertiginoso, visando entregar mais agilidade, praticidade e inovação para consumidores e empresas.

Antes de mais nada, os gestores de viagens corporativas devem, assim, manter a atenção quanto ao surgimento de tendências, sob pena de não conseguir buscar as ferramentas necessárias para se ajustar, mantendo o destaque profissional junto ao mercado.

Um bom exemplo dessa necessidade de adaptação pode ser encontrado na utilização dos aplicativos de transporte. Em termos práticos, essas inovações têm gerado desvios indesejáveis nas políticas de viagens de muitas agências, evidenciando a necessidade da implantação de medidas alinhadas às novas realidades.

© Todos os direitos reservados para Kennedy Viagens

Imperatriz - MA

Rua Benedito Leite, 629 | 65903-290 | Centro | Imperatriz – MA

São Paulo - SP

Av Paulista, 171, 4ª andar | 01311-000 | Bela Vista | São Paulo – SP

Curitiba - PR

Travessa Ferdinando Aristides Moleta, 117 | 83045-090 | Afonso Pena | Curitiba