Perdi meu voo: o que devo fazer?

Perdi meu voo, o que devo fazer
Por mais organizado que um viajante seja, ninguém está imune a perder um voo. Os motivos podem ser muitos e diversos e por mais chata que a situação seja, pode acontecer a qualquer pessoa que viaje de avião. Dependendo da sua cidade de residência, o trânsito pode ser um fator de grande contribuição para isso. Mas, outros imprevistos também podem ocorrer e bagunçar todo o planejamento de uma viagem.   Nessas horas, pode ser difícil, mas o mais importante é manter a calma para saber o que fazer e buscar os seus direitos. Se você já passou por isso ou quer se preparar caso isso aconteça algum dia, continue lendo até o final que falaremos tudo o que você precisa saber para recorrer e resolver essa situação. Confira!    Onde posso reclamar meus direitos?   Como falamos antes, o passo número um para começar a resolver o problema é ter calma. Ficar estressado e ansioso pode atrapalhar as coisas e não te deixar ser claro com as informações. Então, com calma, vá até o guichê da sua companhia aérea e exponha a situação.    É importante saber que casos diferentes devem ser resolvidos de maneiras diferentes. Por exemplo: se você se atrasou e não chegou ao aeroporto a tempo de entrar na aeronave ou se você estava em um voo anterior que atrasou e por isso você não conseguiu pegar o próximo, as providências a serem tomadas são diferentes. Exponha o seu caso e entenda quais são as opções possíveis.    Se o passageiro possuir outros voos no mesmo dia para o destino final da viagem, em geral, é possível ser realocado para o voo seguinte. Mas isso vai depender do tipo de passagem, é claro. Na maioria das companhias aéreas, é necessário desembolsar uma tarifa extra para que isso ocorra.    O viajante também pode solicitar o reembolso das taxas de embarque, sem nenhum custo adicional. Em alguns casos, as empresas já realizam esse reembolso para o cliente de forma automática. Em outros, é preciso realizar um pedido. Vale checar.   Em todo caso, se o pedido do passageiro for negado, ele pode e deve entrar em contato e registrar uma reclamação na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) ou no Procon, de forma a garantir os seus direitos.    E se o voo for a trabalho?   Se você está viajando a trabalho, perder um voo pode ser um motivo para bastante dor de cabeça. Afinal, sendo uma viagem corporativa, não implica apenas em perder o seu lugar na aeronave, mas também em perder aquele encontro com um cliente importante ou até mesmo uma grande reunião.    O que fazer nesses casos? Infelizmente não adianta implorar aos funcionários do aeroporto que tomem alguma providência. Afinal, muitas vezes, eles ficam de mãos atadas. O mais importante é comunicar à empresa para a qual você trabalha, explicar a situação e expor aos seus superiores as opções oferecidas. Em alguns casos, é possível remarcar seu novo para algumas horas depois.    De acordo com a nova resolução da Anac (número 400/2016), as empresas aéreas podem definir a validade das passagens. Isso significa que resolver ou não o seu problema vai depender disso. Se o seu bilhete estiver dentro do prazo estipulado pela companhia aérea, será possível remarcar a sua viagem sem grandes transtornos. Mas, se esse prazo já tiver passado, será cobrado um valor adicional para a remarcação. Vale lembrar que essa taxa pode variar de empresa para empresa e também de acordo com o tipo de bilhete.    E o hotel, como fica?    Para não ter a reserva do hotel perdida (o famoso e temido no show) é preciso entrar em contato com o hotel o quanto antes e explicar a situação. De maneira geral, não é algo complicado de resolver, a menos que você não esteja em meio a uma data comemorativa, algum evento de grande porte ou alta temporada. Caso a reserva do hotel tenha sido feita através de pacote, pode ser um pouco mais difícil e pode ser que seja necessário o pagamento de uma taxa extra pelo atraso.    O que fazer se eu perder a minha conexão?   Entre os problemas enfrentados pela perda de um voo, um dos mais complicados é a perda de conexão. Isso porque, ao perder o seu voo de conexão, você atrasa ainda mais a sua chegada ao seu destino final, o que pode significar uma viagem mais longa e tempo perdido.    Novamente, o procedimento é ter calma e buscar a companhia aérea que dará as orientações necessárias ao passageiro. A companhia vai querer saber se o voo foi perdido por culpa do passageiro ou pela empresa. Caso o voo tenha sido perdido por culpa da companhia aérea, é de praxe que a remarcação seja feita sem custo ou ainda que haja o reembolso integral da passagem.   Para tentar minimizar os riscos, uma boa dica é comprar as passagens em uma mesma companhia aérea ou de companhias aéreas parceiros. Isso poderá facilitar o processo caso haja a necessidade de uma remarcação e ainda aumenta as chances de ter o problema resolvido de forma mais rápida e eficaz.

© Todo os direitos reservados para Kennedy Turismo