Você só compra a tarifa mais barata? Você pode estar perdendo dinheiro.

Se você comprou/pesquisou passagem aérea nos últimos meses, com certeza se deparou com a seguinte situação: de um lado, uma tarifa mais em conta, mas com certas limitações, do outro, uma tarifa que permite não só despachar sua mala, mas também a alterar sua passagem sem cobrar a mais por isso. A segunda, porém, possui um custo maior que a primeira!

Veja que comprar mais “caro” neste caso compensa e muito.

Veja este exemplo, da LATAM:

Diferença entre a tarifa mais barata e a mais cara: R$ 138,00.

Valor total da bagagem: R$ 65,00 (Se tivesse escolhido a TOP, teria direito a 2 bagagens)

Assento conforto: R$ 110,00 (R$ 55,00 por trecho). (Se tivesse escolhido a TOP, você poderia marcar os assentos conforto sem custo)

Ou seja, no valor total a tarifa mais cara sairia por R$ 596,57, adicionando esses produtos.

Além do preço final, se você tivesse escolhido a tarifa top desde o princípio, além de ter economizado, você ainda teria os seguintes benefícios:

1 mala a mais do que você pagou, porque a tarifa top permite 2 bagagens.

Desistiu da viagem? Você recebe 100% do valor pago.

Precisa remarcar? Você não precisa pagar a taxa de remarcação, apenas diferença de tarifa quando ocorrer.

© Todo os direitos reservados para Kennedy Turismo